Livros Lidos em Julho de 2017



Vamos conferir a lista de livros lidos no mês de julho.

Elogio da Madrasta, de Mário Vargas Llosa, publicado pela Editora Alfaguara. Lucrécia é casada com Dom Rigoberto e vivem numa contínua felicidade. Alfonso, o filho de Rigoberto, poderia ser o único empecilho para o casal, mas o menino acaba por ser conquistado pelos encantos de Lucrécia. O amor do menino pela madrastra, vai além do que se esperaria.

Outro livro durante o mês foi Os Leopardos de Kafka, de  Moacyr Scliar, publicado pela Companhia das Letras. O jovem Benjamin sai da aldeia judaica em que vive e vai a praga para cumprir uma missão secreta a mando de Trotski. Uma confusão faz com que ele receba um texto de Kafka e o entenda como uma mensagem cifrada. É daí que se desenrola uma situação verdadeiramente kafkaniana.

De Gabriel Garcia Márquez li Crônica de Uma Morte Anunciada, publicado pela Editora Record. No livro o leitor sabe que Santiago Nasar vai morre, assassinado por dois irmãos gêmeos. Acompanha então a história de como e porque ele foi morto. Muitas pessoas da cidade sabiam sobre a possibilidade de Nasar ser morto, no entanto, não contam nada a ele, que segue sua rotina normal até o fatídico momento.

Publicado pela DarkSide Books li o livro Confissões do Crematório, de Caitlin Doughty. Na publicação a autora conta sua experiência trabalhando numa empresa de cremação nos Estados Unidos e amplia o assunto falando sobre o momento final da vida dos seres humanos: a morte. Os relatos apresentados por Caitlin são verídicos.

Da mesma DarkSide Books li Amityville, de Jay Anson. A publicação trata da história dos misteriosos eventos sobrenaturais que ocorreram no número 112 da  Ocean Avenue. É uma história arrepiante que traz todos os fatos apresentados pelo casal que viveu naquele local e que foi “vítima” das ocorrências.

Do escritor Ben Oliveira li Escrita Maldita. O livro é uma publicação independente e de boa qualidade. Trata-se da história ficcional de um escritor que sonhava em escrever um livro com outro escritor por quem nutre grande admiração. Eis que a oportunidade chega. Quando esse escritor passa a freqüentar a casa dele, coisas estranhas começam a acontecer. Uma história repleta de mistérios e em que tudo pode acontecer.

Li ainda o livro publicado pela Editora Penalux, chamado Começa em Mar, de autoria de Vanessa Maranha. Uma obra que me encantou pela escrita e por sua estrutura. Conta a história de um mulher, filha de português e espanhola, que chega a uma fictícia cidade baiana. O livro fala das desventuras do migrante, de relações, da idealização de um continente há muito deixado. Um livro que foi para a minha lista de favoritos e que logo teremos resenha por aqui.

Para encerrar o mês li O Ócio Criativo, de Domenico de Masi, publicado pela Editora Sextante. O livro apresenta uma entrevista dada pelo autor para a composição do livro em que ele trata sobre sua teoria sobre o ócio. Fala sobre a sociedade e o trabalho, focando na sociedade pós-industrial, do desenvolvimento sem emprego, da globalização, da criatividade e do tempo livre.

Leitura em andamento:

- Coma, de Carol Dantas (publicado pela Editora Illuminare).

2 comentários:

  1. Muito bacana ver Escrita Maldita nesta lista ♥ Continuo louco para ler O Ócio Criativo. Lista sem fim de leituras!
    Abraços
    Blog do Ben Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ben, parabéns pelo livro e logo teremos resenha aqui no blog. Quanto a lista de leituras sei bem como é, a minha só aumenta! Abraços.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário.