Livros sobre mentes criminosas




“Os homens trazem em si a crueldade. Não devemos esquecer-nos disso, devemos ter cuidado. É preciso [...] defender esse espaço de consciência, de lucidez. Essa é a nossa pequenina esperança.” – José Saramago

Listei quatro livros da DarkSide Books que podem ajudar o leitor a conhecer mais sobre o universo sombrio e temido dos psicopatas.

Serial Killers – Anatomia do Mal, de Harold Schechter foi publicado pela DarkSide Books em 2013. O livro apresenta histórias reais sobre assassinatos em série. O leitor conhece a origem do termo serial killer, os traços característicos desses assassinos, lê sobre a história do assassinato em série, tem acesso a lista de serial killers e a alcunha de cada um deles e estudos de casos verídicos.

É possível ainda saber sobre a relação do sexo com a prática desses crimes, a motivação que desperta o interesse do criminoso em realizar a série de assassinatos, os elementos da ação propriamente dita. Ainda no mesmo livro há uma galeria que traz dez casos de psicopatas americanos. A obra de Schechter tem até alguns casos que não foram solucionados.

As ações desses criminosos despertam sentimentos diversos na população e em um dos capítulos do livro é apresentado o serial killer na cultura pop: na música, na literatura, no cinema e na televisão.

O livro traz fotos, ilustrações, marcações , amplas e ricas informações sobre serial killers, desde o surgimento do termo, como foi citado anteriormente, até histórias e pontos pouco conhecidos sobre o tema. Trata-se de um dossiê sobre o universo perverso dessas mentes criminosas.
 
Social Killers – Amigos Virtuais, Assassinos Reais, de R. J. Parker e J. J. Slate, foi publicado pela DarkSide Books em 2015. Nesse livro temos acesso a informações sobre os psicopatas virtuais, que se aproveitam do ambiente da internet para escolher, selecionar e definir as suas vítimas.

As histórias evidenciam que qualquer um está sujeito a ser vítima de um criminoso on-line. E os crimes mencionados no livro envolvem assassinato, sequestro, canibalismo, suicídio. São trinta e três histórias reais que servem de alerta. Por meio do livro é possível o leitor compreender a forma com que atuam e a natureza daqueles que atuam com essa pratica criminal.

Serial Killers Louco ou Cruel?, de Ilana Casoy, foi publicado pela DarkSide Books em 2014. Nesse livro a autora baseou-se em arquivos da polícia e da justiça, do FBI e da Scotland Yard, além de pesquisas em livros e artigos de revistas e jornais para compor a obra que trata de loucos e cruéis criminosos.

Compreendendo os perfis psicológicos dos criminosos, das características das vítimas, de relato dos fatos é possível o leitor ter acesso a muita informação sobre psicopatas. O livro é composto de casos reais (não ocorridos no Brasil).

Serial Killers Made in Brazil, de Ilana Casoy, foi publicado pela DarkSide Books em 2014. A autora é autoridade no que diz respeito a mentes criminosas no país. Nesse livro, após cinco anos de pesquisas realizadas por Ilana, são apresentados crimes de assassinos brasileiros.

Casos como o de Preto Amaral, o Monstro de Guianases, o Vampiro de Niterói e Chico Picadinho, entre outros, são detalhados na obra. Um dos capítulos é fruto de artigo científico que Ilana fez para o curso de pós-graduação em Criminologia, que trata de Pedrinho Matador.
  
Com relatos, descrição dos casos, ilustrações, entrevistas e muita informação, o leitor tem acesso a esse intrigante dossiê investigativo e de como os matadores em série brasileiros atuam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.