Obras da Editora do Brasil são finalistas do Prêmio Jabuti

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) divulgou a lista dos finalistas da 58.ª edição do Prêmio Jabuti, o mais prestigioso da literatura brasileira, e duas obras da Editora do Brasil estão entre as finalistas. O livro Vento forte, de sul e norte, do autor Manuel Filho, com ilustrações de Paola Saliby, integra a categoria Juvenil e o livro Alfabético – Almanaque do alfabeto poético, de Jonas Ribeiro, é finalista na categoria Didático e Paradidático.

Vento forte, de sul e norte conta as situações de preconceito que enfrenta Luísa, uma garota negra adotada por um casal de homossexuais. A obra propõe uma importante reflexão para jovens, educadores, pais e demais interessados sobre as diversas configurações familiares, a adoção, a homofobia e o preconceito racial e social.

Ao comentar sobre o livro, Manuel Filho afirma: “tenho muito carinho por esse livro e, penso, toda a visibilidade que ele possa conquistar será muito importante para, de alguma maneira, colocar em discussão o ódio que é manifestado contra pessoas que simplesmente amam, somente isso. As famíliaspossuem muitas configurações e odiar as que são minorias não porá um fim nelas, felizmente”.

Alfabético – Almanaque do alfabeto poético é um livro colorido e divertido que nasceu para ser uma referência para quem quer ler e sonhar com as possibilidades infinitas que cada letra do alfabeto proporciona. A obra mostra como nosso alfabeto é rico e como podemos nos divertir com ele.

Jonas Ribeiro ao falar de sua obra finalista declara: “O Alfabético é mesmo um livro que se destaca em minha produção, foi um livro feito literalmente com pinça, eu mergulhei de cabeça neste projeto e nele coloquei toda a minha alegria de escrever, a minha integridade literária”.

O júri do prêmio Jabuti atribuirá notas a todas as obras finalistas da primeira fase. As três publicações com maior pontuação serão consideradas vencedoras em sua categoria. A apuração do resultado ocorrerá em 11 de novembro. A cerimônia de entrega será no dia 24 de novembro, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo.

Sobre os autores:

Manuel Filho é escritor, ator, compositor e cantor. Redige para a TV, rádio e teatro. Trabalhou na extinta Rede Mulher, TV Record e TV Senac. Integra o projeto Literatura Viva, do Sesi, desde 2011. Possui mais de 30 livros publicados por diversas editoras. Pela Editora do Brasil, possui mais três livros publicados, entre eles “Uma história de ouro e sangue”, recém lançado, e “Sensor: o Game”, que integrou o catálogo oficial da CBL na feira do livro em Frankfurt. Recebeu o prêmio Jabuti (2008), o Selo de Acervo Básico da FNLIJ (2011), foi finalista do Prêmio Açorianos de Literatura (2013), além de ter sido selecionado para o PNBE (2014) e para outros prêmios.

Jonas Ribeiro é formado em Língua e Literatura pela PUC-SP. Fez teatro, contou histórias em hospitais públicos e escolas, além de lecionar Redação. Escreve desde os 16 anos e com 41 anos já havia lançado seu centésimo livro, com mais de 600 mil exemplares vendidos. Possui 20 livros publicados pela Editora do Brasil, três deles com o escritor César Obeid.

Sobre a Editora do Brasil:

Fundada em 1943, a Editora do Brasil atua há mais de 70 anos com a missão de mudar o Brasil por meio da educação. Como empresa 100% brasileira, foca a oferta de conteúdos didáticos, paradidáticos e literários direcionados ao público infanto-juvenil. Foi fundadora da CBL, SNEL, FNLIJ, IPL e da Abrelivros. Os títulos da Editora do Brasil podem ser adquiridos por meio de seu e-commerce: (http://www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/), nas principais livrarias do país ou ainda em sua loja física, em São Paulo (Rua Conselheiro Nébias, 891 – Campos Elíseos).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.