Quotes - A Arte de Ler

Foto: Reprodução






Abaixo temos alguns quotes extraídos durante a leitura do livro "A Arte de Ler", de Émile Faguet, publicado pela Editora Casa da Palavra em 2009.

“Sem dúvida, só conhecemos alguém quando sabemos o que ele é e também o que poderia ser.”

“... ao ler um filósofo é preciso prestar atenção em suas contradições. As contradições são os acidentes geográficos de um grande pensador.”

“Uma ficção é sempre uma parte de nós que, nas mãos do autor, tornou-se um personagem, uma outra parte de nós que se tornou outro personagem e assim por diante, mas é ainda mais frequente que julguemos ao nos voltarmos para nós mesmos.”

“Só existe distinção, como necessariamente se distinguindo de tudo, no que não existe e mesmo no que não pode existir; pois, para ser concebido como podendo existir, já é preciso que se pareça com algo.”

“O risco de cometer um engano aguça o desejo de ver claro e valoriza o prazer de ter provavelmente razão, não direi maior, porém mais picante, em se ter quase certeza de ter razão do que em estar inteiramente seguro disso.”

“O ódio por um livro tolo é um sentimento bastante inútil em si, mas que tem seu valor se reaviva em nós o amor e a sede por aquilo de que temos necessidade.”

“... os principais inimigos da leitura são o amor-próprio, a timidez, a paixão e o espírito crítico.”

“Certos leitores, com efeito, devido a uma espécie de timidez, são sempre leitores atrasados. Esperam, não apenas para aprovar, mas para ler, que o sufrágio do público tenha sido pronunciado.”

“... os livros são nosso últimos amigos, que não nos enganam e não nos censuram por envelhecer.”

“Ler é agradável e reler é, às vezes, ainda mais agradável.”

Confira a resenha do livro "A arte de ler": http://tomoliterario.blogspot.com.br/2016/07/a-arte-de-ler-emile-faguet.html


Um comentário:

  1. Adorei as quotes selecionadas. Me deixou com vontade de ler o livro!
    Abraços
    Blog do Ben Oliveira

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário.