Livros Lidos em Junho de 2016

O mês de junho acabou e, como tradição, no primeiro dia do mês subsequente trago aqui no post do blog a lista de livros lidos e um breve comentário sobre cada um deles para aguçar a vontade dos leitores/visitantes.

Vamos à lista?

“As águas-vivas não sabem de si”, é um livro nacional, publicado pelo selo Fantástica Rocco e de autoria da escritora Aline Valek. Nesse livro mergulhamos para o fundo do oceano onde há uma estação de pesquisa. É ali que Corina, a protagonista, e os outros personagens tem contato com sons que são captados e que podem revelar segredos. Do que sabem as águas-vivas?

Da Editora Biblioteca 24 Horas, recebido da parceria com os escritores Alexandre e Simone Fraenkel, eu li “Receitas do Prazer”. Trata-se de um romance erótico que tem uma protagonista determinada, feminina e conhecedora de seus prazeres. Ela se entrega a um romance tórrido com alta carga sensual e sexual. Vale a pena conferir!

Outro livro lido no mês foi “Donnie Darko”, de Richard Kelly, publicado pela Darkside. Tendo o texto do roteiro do filme de mesmo nome, nos deparamos com a história do jovem Donnie, que lida com sua esquizofrenia, escapa da queda de uma turbina de avião e lida com um coelho de um metro e oitenta de altura. Donnie Darko é uma história estranhamente interessante. O filme é considerado o primeiro cult movie do século XXI.

Também da Darkside, li “Menina Má”, de William March. O livro também tem sua versão cinematográfica. Trata da história de Rhoda, uma garota que tem uma personalidade um tanto quanto sombria, com ares de psicopatia. Seria a maldade uma herança genética, fruto do ambiente que vivemos ou uma característica com que algumas pessoas nascem? O livro é surpreendente e a trama muito bem elaborada. William March, o autor, não viu o sucesso de seu livro, que foi elogiado inclusive por Ernest Hemingway.


“Deixe-me Entrar”, é da escritora paranaense Letícia Godoy. Publicado pela Editora Arwen o livro conta a história de Julianne, uma jovem que viveu os quinze primeiros anos de sua vida num internato e volta para o seio de sua família. Eles são vampiros e a garota tem de lidar com as transformações da fase da adolescência e ainda lidar com o perigo que a ronda. Primeiro livro da série criada pela autora é um livro extremamente apaixonante e uma excelente história de vampiros. Leia!

Jim Carbonera escreveu o livro “Verme!”, pelo selo Boêmia Urbana. Rino Calderola é um escritor que está em busca de encontrar o seu lugar na cena literária. Ao mesmo tempo em que não acredita que terá reconhecimento, busca o seu sonho e procura uma inspiração para sua obra. Literatura nacional de qualidade. Recomendo!

“A Menina Submersa”, da escritora Caitlín R. Kiernan foi publicado pela Darkside e conta a história de India Morgan Phelps, ou simplesmente Imp. Uma garota que sofre de esquizofrenia e que escreve histórias de fantasmas. Pessoas que passam pela sua vida e até uma obra de arte chamada A Menina Submersa, preenchem seus pensamentos e seus sonhos, atormentando-a. As memórias de Imp misturam realidade com fantasia, pensamentos com acontecimentos.

“A Arte de Ler” de Émile Faguet foi outro dos livros lidos. Publicado pela Editora Casa da Palavra trata da essência da leitura. É a visão de Faguet, como leitor, sobre os livros e o hábito da leitura. Ler devagar, ler bons livros, ler maus livros que nos estimulam a conhecer o bom livro, ler escritores tidos como difíceis, ler críticos e historiadores literários, teatro, poesia entre outros. Faguet expõe suas considerações e desperta a reflexão do leitor.

De Luiz Felipe Pondé, e publicado pela Editora Leya, li “Guia Politicamente Incorreto do Sexo”. O livro apresenta aforismos do autor sobre o tema, passando pela mulher, higiene, preconceitos, prostituição, libertinagem, etc. São textos curtos que carregam a visão do autor sobre sexo, de maneira politicamente incorreta.

Em Junho li ainda “Cidade dos Etéreos”, de Ransom Riggs. Publicado pela Editora Intrínseca é o livro II da série O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Acompanhamos a jornada de Jacob e das crianças peculiares em busca de salvar a Srta. Peregrine que está aprisionada em seu corpo de ave. Eles passam por inúmeros percalços e aventuras. Novos personagens e muita aventura tornam a história ainda mais rica. Livro excelente!

Que Julho renda bastante leitura!

Um comentário:

Deixe aqui seu comentário.