O Melhor do Crime Nacional: Luva Editora lança antologia com financiamento coletivo - Tomo Literário

Post Top Ad

O Melhor do Crime Nacional: Luva Editora lança antologia com financiamento coletivo

Compartilhe

O Melhor do Crime Nacional é um projeto elaborado por Tito Prates e Vitto Graziano, com contos de convidados como a conceituada escritora de romances policiais Paula Bajer, de Wellington Budim, escritor do best-seller Teu Pecado e qure conta ainda com conto do organizador Tito Prates, escritor de romance policial e da primeira biografia originalmente escrita em língua portuguesa e autorizada pelo neto de Agatha Christie.

O projeto gráfico criado também contará com artes exclusivas da ilustradora Carolina Mancini na abertura de cada enredo.

A Luva Editora tem como missão principal investir nos autores nacionais. Para isso, no segundo ano de sua breve história deu origem ao projeto Incubadora de Sonhos, onde parte dos lucros é reinvestido para financiar escritores de áreas periféricas, amplificando sua voz e revertendo as vendas em um novo ciclo de investimento, direcionado para outros novos autores, formando assim um ciclo valioso, sustentável e de sucesso.


A nova campanha está no Catarse trazendo ao leitor que apoiar o projeto, 15 contos selecionados entre mais de 100 de todo o Brasil recebidos durante o edital. Enredos dos mais distintos nichos e que fariam o leitor caminhar por sua cidade, ou pensar em viagens pelo país, com o olhar inusitado de quem desconfia, ou se lembra, de onde está pisando. 

Apresentando material heterogêneo e completamente distinto as atuais obras que trabalham com a temática do crime no país, a organização apostou nos enredos mais ousados e criativos a fim de construir um livro único, reunindo os mais diversos e peculiares crimes.


De postulantes a Auguste Dupin até o problemático Augusto Tupã, passando pelo clássico Whodunnit de Agatha Christie e chegando ao Slasher, O Melhor do Crime Nacional presenteia seus leitores com enredos completamente distintos, onde encontraremos desde assassinos de aluguel à crimes políticos e históricos.

Os interessados podem apoiar o projeto e poderão escolher entre pacotes com brindes exclusivos como porta copos, marcadores de página, cartões postais, um exclusivo caderno temático em couro sintético e outros livros da editora, além de leitura crítica de um conto e edição até 20000 caracteres pelo organizador Tito Prates.  

Link da campanha: www.catarse.me/crimenacional (prazo final em 19 de agosto)
Luva Editora no Facebook: https://www.facebook.com/luvaeditora/
Contato: crimenacional@luvaeditora.com.br 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages