Espelho, espelho meu, qual “Crush” escolho eu? - Tomo Literário

Post Top Ad

Espelho, espelho meu, qual “Crush” escolho eu?

Compartilhe

Espelho, espelho meu, qual “Crush” escolho eu?, da escritora Priscila Debly, foi publicado pela Editora Coerência. É um livro repleto de reflexões sobre a luta das mulheres que vão muito além do romance clichê, apesar de constatarmos o envolvimento amoroso da protagonista dividida por dois garotos: um estudante de Direito e o outro de Filosofia, que dão lições de um Brasil melhor. O livro promete uma protagonista guerreira e feminista que luta com unhas e dentes pelos direitos das mulheres.

Com uma narrativa fluida, a história capta a essência da mente de Anabelle que mora em São Paulo e enfrenta grandes dúvidas, sonha alto, luta pelo que acredita, tem fé num país mais justo e na esperança de um amanhã melhor, mesmo que seus traumas de uma infância foram extremamente difíceis que desencadearam seus traumas e medos.

Anabelle nunca conheceu o significado da palavra amor. Até que aos dezoito anos se sente à flor da pele, perdidamente apaixonada por dois jovens tão diferentes que são capazes de despertar desejo e amor em qualquer moça: Daniel, estudante de Filosofia, forte, carismático, inteligente e dono do sorriso mais encantador, Já Phillippe cursando Direito, com uma frota de admiradoras, seus olhos azuis enigmáticos e defensor dos direitos dos seres humanos. Seria algum deles o príncipe encantado que a libertaria de suas terríveis correntes dolorosas da infância?  

Priscila prende atenção do leitor a partir das reviravoltas na narrativa no momento em que Ana deve se decidir por um garoto: Daniel ou Phillippe? Ambos a fazem se sentir amada e valorizada. Mas será que quando desejamos demais algo, ele pode apenas virar de fato uma fantasia que acontece somente em nossa mente? O grande fato aqui é escutar a intuição ou a razão? Independentemente de sua escolha, ela só tem uma certeza: a sua vida não será mais a mesma. E será que o seu “feliz para sempre” é de fato alcançado? Um objetivo ela tem na cabeça: viva o hoje e não se arrependa. 

Em sua obra, a autora traz mensagens tão importantes e de conscientização para jovens e adultos como: política e corrupção; direitos e deveres; luta das mulheres contra o machismo, solidão e caos da cidade grande; omissão familiar na educação dos filhos; superação e problemas mentais, e essa explosão de temas vem com ao romance leve e pueril da protagonista sonhadora que deixa o leitor envolvido e disposto a lutar com ela.

Escritora, professora e mestranda em Literatura Brasileira pela Unifesp/SP, Priscila Debly se dedica à escrita criativa e ao movimento do “empoderamento feminino”. 

Sobre a autora: 

Priscila Debly é autora do romance Espelho, espelho meu, qual Crush escolho eu? É Especialista em Letras pela PUC/SP; mestranda em Literatura Brasileira pela Universidade Federal/SP. Apaixonada por doces; pelos ‘Crushs’ dos livros/séries e viagens de Cruzeiro. Sua pesquisa é sobre a luta das mulheres e acredita piamente que todas são “Girl Power” e vão dominar o mundo. Troca facilmente praia por campo, pois é fascinada pela vida na natureza. É vidrada na Clarice Lispector e supera todos os seus limites da mente no universo da escrita criativa. Adora resenhar livros, séries e filmes nas redes sociais.

Para adquirir o livro acesse o site da Editora Coerência.





Um comentário:

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages