O Conto do Coronel Fantasma - Larissa Brasil - Tomo Literário

Post Top Ad

O Conto do Coronel Fantasma - Larissa Brasil

Compartilhe

O Conto Do Coronel Fantasma, da escritora Larissa Brasil, foi publicado de maneira independente na Amazon. O conto foi finalista do Prêmio ABERST de Literatura em 2018 na categoria contos de terror e a autora foi a vencedora do prêmio na categoria Autora Revelação.

Benedita não acreditava na crendice que dizia que Coronel Jô, "a alma penada mais famosa da cidade", andasse pela região. Ainda que muitos moradores falassem sobre tal assombração ela não conseguia conter o riso, tamanha a sua  descrença. 

"Sentia medo era dos vivos e não de alma penada! O que elas poderiam lhe fazer? Sua vida já era um filme de terror mesmo."

A voz de sua avó falecida não lhe saía da cabeça, possivelmente pela proximidade com o aniversário da morte e Dita, como era chamada, fazia a limpeza da igreja de Padre Rogério, "um padre, digamos, moderno".

Ao chegar em casa encontra um envelope que parece lhe trazer uma triste notícia. Uma ordem de despejo não é exatamente uma boa notícia e tampouco o que ela gostaria de receber no momento. Dita ouve seu nome sendo chamado. Seria o Coronel Jô, aquela figura mítica que paira na mente dos moradores e sobre o qual lançam tanto a possibilidade de sorte quanto mau agouro? Com a figura ela trava um inusitado diálogo e recebe uma "missão". O fantasma deseja encontrar suas botas. Mas para Dita também há lembranças nada agradáveis que dizem respeito a seu marido Juarez, de quem é viúva. 

Os acontecimentos na vida de Benedita também provocam nela a inconformidade com as ações de Deus e a constatação de que muitos vivem nas sombras. 

O conto de Larissa Brasil tem uma narrativa fluída e uma trama que nos absorve. Vamos simpatizando com Dita e com o Coronel Fantasma, uma criatura ímpar. A história tem toques de lendas e causos contados nas cidades interioranas do Brasil. Os personagens nos fazem viajar por esse mundo de interiores e ainda deixam lições sobre as dúvidas que surgem na vida e sobre a necessidade de acreditar que algo melhor possa acontecer.

Os dois personagens que centralizam a trama são bem construídos e notamos isso pela jornada que acompanhamos dentro da história. Dita tem uma mistura de mulher forte que carrega as dores e mazelas de uma vida árdua, mas que ainda assim é capaz de transmitir esperança e um olhar bem humorado, por vezes.

Fiquei de fato encantado com o conto de Larissa, tanto por sua construção, quanto pela jornada dos personagens que em poucas linhas passam a habitar o nosso imaginário. Destaque-se o estilo de escrita da autora, esmerado, objetivo e rico em transmitir a sensação da ambientação em que se passa a história. 

O Conto do Coronel Fantasma é uma história curta que fascina o leitor.

Recomendo.

Sobre a autora:

Larissa Brasil mora em Goiânia, no coração do Brasil. com o marido e sua poodle, Lua. Associou-se à ABERST - Associação Brasileira dos Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror em 2018. Seu conto de estreia, Metros Cúbicos de Tristeza e Água Salgada, saiu em uma coletânea da Editora Oito e Meio. Foi finalista do 1º Prêmio Aberst de Literatura 2018, com O Conto do Coronel Fantasma na categoria terror e venceu a categoria Autora Revelação 2018. Seu primeiro conto de terror, O Machado da Casa de Pedra, integra a coletânea Continuem nos Escutando e tem ainda o conto E o que Você Fez na antologia Presentes Perigosos. Prepara o lançamento de seu primeiro thriller psicológico, A Garota da Casa da Colina, que será publicado em 2019 pela Monomito Editorial.

Ficha Técnica:

Título: O Conto do Coronel Fantasma
Escritora: Larissa Brasil
Editora: Independente
Número de Páginas: 16
Assunto: Conto


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages