Conheça Livro(s) do Desassossego, de Fernando Pessoa, publicado pela Global Editora - Tomo Literário

Post Top Ad

Conheça Livro(s) do Desassossego, de Fernando Pessoa, publicado pela Global Editora

Compartilhe


A Global Editora tem no seu catálogo o Livro(s) do Desassossego, de Fernando Pessoa, com edição de Teresa Rita Lopes. A obra chegou por aqui e depois eu trago a resenha para vocês.

Confira a sinopse do livro:

Composto por fragmentos, o Livro(s) do desassossego é o livro da vida de Fernando Pessoa. No entanto, Teresa Rita Lopes, responsável por esta edição, considera que são três Livros, assinados por três autores diferenciados: o Primeiro por Fernando Pessoa, que nomeou Vicente Guedes seu representante, o Segundo pelo Barão de Teive e o Terceiro por Bernardo Soares.

O texto da quarta capa revela que o Livro(s) do Desassossego foi o livro da vida de Pessoa. Acomapnhou o seu devir, como pessoa e como escritor. Vicente Gudes é jovem artista decadente, dandy e blasé, ao gosto pós-simbolista do tempo, que Pessoa também foi – e que serviu de modelo aos novos que o seguiam, e como tal se assumiam. Calou-se no final dos anos 1920, no rescaldo do suicídio de Mário de Sá-Carneiro, parceiro nas aventuras estéticas que o animaram. O Livro do Barão de Teive repousa-nos, com sua austeridade de pensamento e linguagem, dos excessos metafóricos de Guedes – embora nos arrepia com a sua frieza suicida. Bernado Soares, que se manifesta a partir de 1929, é nós-todos, não apenas o ajudante de guarda-livros da Baixa lisboeta, mas o homem-todos-os-homens, de todos os tempos, a braços com sua alma-corpo e com o enigma do universo.

Como podemos notar são três livros, assinados por três autores. Os três são “semi-heterónimos”, como definiu Fernando Pessoa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages