Amazon.com.br, Jornalistas&Cia e Editora Record anunciam Jornal da Tarde: Uma Ousadia que Reinventou a Imprensa Brasileira como vencedor do Prêmio Livro-Reportagem Amazon - Tomo Literário

Post Top Ad

Amazon.com.br, Jornalistas&Cia e Editora Record anunciam Jornal da Tarde: Uma Ousadia que Reinventou a Imprensa Brasileira como vencedor do Prêmio Livro-Reportagem Amazon

Compartilhe

Ferdinando Casagrande, autor de Jornal da Tarde: Uma Ousadia que Reinventou a Imprensa Brasileira receberá um prêmio de R$ 10.000 e terá a oportunidade de assinar um contrato de publicação com a Editora Record da versão impressa do livro

Outra guerra das Malvinas: Os corpos identificados 36 anos após o conflito é o vencedor do Destaque Universitário, rendendo ao jornalista recém-formado Eduardo Gayer o prêmio de R$ 5.000

Amazon, Jornalistas&Cia e Editora Record anunciam que Jornal da Tarde: Uma Ousadia que Reinventou a Imprensa Brasileira, por Ferdinando Casagrande, é o vencedor do Prêmio Livro-Reportagem Amazon. 

Lançado em 2018, o Prêmio visa incentivar a produção e publicação de títulos do gênero por jornalistas e estudantes, mostrando a autopublicação através do Kindle Direct Publishing (KDP) como excelente alternativa para o lançamento de seus trabalhos investigativos. Esta é mais uma das iniciativas da Amazon para apoiar e estimular os autores brasileiros, junto com o Prêmio Kindle de Literatura, que está em sua terceira edição com mais de 5.000 obras publicadas, incluindo Machamba de Gisele Mirabai, primeira vencedora e que foi finalista do Prêmio Jabuti no ano passado, e O Memorial do Desterro de Mauro Maciel, vencedor da segunda edição.

Ferdinando Casagrande receberá um prêmio de R$ 10.000 e terá a oportunidade de assinar um contrato de publicação da versão impressa de sua obra pela Editora Record. O vencedor foi anunciado dia 12 de fevereiro de 2019, em cerimônia na sede da Amazon Brasil, em São Paulo, com a presença dos membros do júri, Eduardo Ribeiro, renomado jornalista e diretor do Jornalistas&Cia, e Carlos Andreazza, editor executivo de não-ficção e literatura brasileira da Editora Record, e os outros finalistas: Fábio Mendes, autor de Campeões da Raça: Os Heróis Negros da Copa de 1958; Raphael Gomide, autor de O Infiltrado: Um repórter dentro da polícia que mais mata e mais morre no Brasil, e Tatiana Lanzelotti, autora de O Mário do rádio. No livro Jornal da Tarde, Ferdinando Casagrande resgata a história da publicação que encantou pelo menos duas gerações de leitores antes de ser encerrada, em 2012.

O júri também avaliou e elegeu Outra guerra das Malvinas: Os corpos identificados 36 anos após o conflito como o vencedor do Destaque Universitário, dando a Eduardo Gayer, que se formou em Jornalismo em dezembro de 2018 na PUC-SP, um prêmio de R$ 5.000. O livro conta a luta de famílias argentinas para a identificação de 123 soldados mortos falecidos na Guerra das Malvinas e até então enterrados no cemitério de Darwin sob a inscrição “soldado argentino só conhecido por Deus”.

“Estamos felizes de ver que o Prêmio Livro-Reportagem Amazon foi bem sucedido em estimular jornalistas a publicarem seus trabalhos e contarem suas histórias para nossos leitores. Nós recebemos mais de 160 obras, incluindo 84 de estudantes ou jornalistas recém-graduados, com alta qualidade de conteúdo e grande variedade de tópicos”, diz Talita Taliberti, gerente de Kindle Direct Publishing na Amazon.com.br. “Esperamos que este resultado inspire outros jornalistas e escritores a autopublicarem seus livros e alcançarem leitores ao redor do mundo”.

“O Prêmio Livro-Reportagem Amazon por si só já seria um acontecimento de primeira grandeza. No entanto, em um momento em que o jornalismo está sob ataque, ele ganha ainda um valor simbólico imensurável. Considerando ainda a altíssima qualidade dos finalistas, a Record não poderia estar mais honrada em ser parceira deste grande acontecimento editorial”, conta Carlos Andreazza, editor executivo de não-ficção e literatura brasileira da Editora Record.

“Vivemos um tempo de transformações por meio das mídias sociais com reflexos diretos sobre o jornalismo, mas jornalistas têm dirigido esforços crescentes para a literatura”, declara Eduardo Ribeiro, diretor do Jornalistas&Cia. “O Prêmio Livro-Reportagem Amazon, que tivemos a honra de organizar, é prova viva de que o jornalismo continua relevante, seja em canais tradicionais, seja na literatura. Foi um prazer compor o júri que escolheu os melhores trabalhos e ver a qualidade das obras inscritas”, completa.

O KDP é uma forma simples e gratuita de escritores e editoras publicarem seus livros e disponibilizarem para venda a leitores ao redor do mundo. Os vencedores, finalistas e outros participantes podem ser encontrados no site amazon.com.br/premiolivroreportagem e estão disponíveis gratuitamente para assinantes do Kindle Unlimited. Os eBooks Kindle podem ser adquiridos e lidos com o aplicativo gratuito Kindle para computadores, tablets e smartphones Android ou iOS, além de e-readers Kindle.


Sinopse do livro Jornal da Tarde: Uma Ousadia que Reinventou a Imprensa Brasileira

Final dos anos 1960. O mundo se transformava em alta velocidade. Revoluções políticas questionavam os governos, revoltas estudantis derrotavam os costumes, a juventude se insurgia contra as tradições - queria mudar o mundo, ter direito sobre o próprio corpo, determinar o curso do destino. Liberdade, a palavra de ordem, ganhava novos significados. Todas essas mudanças eram retratadas de maneira singular por um jornal paulistano nascido no ventre de uma das empresas jornalísticas mais tradicionais do Brasil. Feito por talentosos jovens na casa dos 20 e poucos anos, o Jornal da Tarde rompia com todos os conceitos do que se conhecia por jornal. Foi uma ousadia - e a imprensa brasileira nunca mais seria a mesma. Neste livro, o jornalista Ferdinando Casagrande resgata a história da publicação que encantou pelo menos duas gerações de leitores antes de ser encerrada, em 2012, mais uma vítima da crise global que atinge os jornais e revistas impressos em plena era digital.

Sobre a Amazon

A Amazon orienta-se por quatro princípios: obsessão pelo consumidor ao invés de foco na concorrência, paixão por invenções, compromisso com excelência operacional e visão de longo prazo. Avaliações de consumidores, compra com 1-Clique, recomendações personalizadas, Prime, Fulfillment by Amazon, Amazon Web Services (AWS), Kindle Direct Publishing, Kindle, Fire tablets, Fire TV, Amazon Echo e Alexa são alguns dos produtos e serviços pioneiros da Amazon. Para mais informações, acesse amazon.com.br/imprensa.

Sobre a Editora Record

Com 75 anos de história, a Record faz parte do Grupo Editorial Record. Fundado por Alfredo Machado em 1942, passou de distribuidora de histórias em quadrinhos a um dos maiores conglomerados independentes de editoras da América Latina. Uma das principais características do Grupo é a diversidade: publica obras de qualidade para diferentes públicos, sem distinção: de livros acadêmicos aos de auto-ajuda, de ficção a história, de literatura juvenil até grandes reportagens. Com autores consagrados nacionais e internacionais no catálogo - como Gabriel García Marquez, Umberto Eco e Nélida Piñon -, a Record é hoje presidida por Sônia Jardim, filha de Alfredo, e formada por 14 editoras e selos: Record, Galera, Galera Junior, Galerinha, Civilização Brasileira, Paz e Terra, José Olympio, BestSeller, Verus, Bertrand Brasil, Difel, BestBusiness, BestBolso e, a mais recente adição à lista, o selo Rosa dos Tempos, relançado no final do ano passado.

Sobre o Jornalistas&Cia

Criado em setembro de 1995 com o nome de FaxMOAGEM, em homenagem à coluna homônima Moagem, publicada por Eduardo Ribeiro no jornal Unidade, do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, a newsletter Jornalistas&Cia circula semanalmente, às quartas-feiras, em redações e assessorias de comunicação, com audiência média de 35 mil leitores. Do projeto original nasceram, posteriormente, a newsletter (também semanal) Jornalistas&Cia Imprensa Automotiva e o Portal dos Jornalistas, bem como um serviço especializado na área de premiações, onde se destacam projetos como o Ranking dos +Premiados da Imprensa Brasileira, Os +Admirados Jornalistas Brasileiros, Os +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças e Os +Admirados da Imprensa Automotiva. Em 2018 lançou o Selo Jornalistas&Cia, dedicado à publicação e divulgação de e-books criados por jornalistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages