Grandes prêmios literários: Oceanos, Prêmio São Paulo de Literatura e Jabuti - Tomo Literário

Post Top Ad

Grandes prêmios literários: Oceanos, Prêmio São Paulo de Literatura e Jabuti

Compartilhe


Pequenas editoras ombreando-se com as grandes

Em agosto, setembro e outubro de 2018 foram divulgadas as listas dos semifinalistas e finalistas de três dos maiores prêmios literários do país: o Oceanos (a bem da verdade, esse prêmio transcende o Brasil, por ser considerado o maior prêmio literário de Língua Portuguesa), o Prêmio São Paulo de Literatura e o Prêmio Jabuti. 

A lista dos mais de 50 semifinalistas do Prêmio Oceanos foi divulgada em meados de agosto; a do São Paulo de Literatura, que contempla 20 finalistas, saiu na primeira semana de setembro; e, por fim, a lista dos finalistas do Jabuti foi revelada no começo de outubro. O destaque foi para as pequenas editoras, que disputaram de igual por igual a grande premiação destes importantes certames literários.

Uma dessas pequenas editoras é a Penalux, sediada no interior paulista, em Guaratinguetá. Com apenas seis anos de atividades, a editora colocou dois títulos na semifinal do Oceanos, um na final do Prêmio São Paulo e, ainda, outro título na final do Jabuti. Meses atrás a Penalux teve dois outros títulos seus premiados no Vicente de Carvalho, prêmio da UBE/RJ e outros dois finalistas no Prêmio Guarulhos de Literatura. 

Essas conquistas mostram o resultado de um trabalho sério voltado à nossa literatura. Comprova que, ao menos no que diz respeito à qualidade dos livros, as pequenas nada têm a dever às grandes editoras – essas que sempre estiveram à frente dos grandes prêmios, mas que de uns tempos para cá estão se acostumando a dividi-los com as pequenas guerreiras. 

Abaixo, os títulos da Penalux que concorreram aos prêmios neste ano como semifinalistas e finalistas.

Prêmio Vicente de Carvalho, da UBE/RJ:
“Dois olhos sobre a louça branca”, poesia, do autor Nathan Sousa, conquistou o terceiro lugar. 
“Palafitas”, da poeta Luiza Cantanhêde, que garantiu a Menção Honrosa no prêmio.

Prêmio Guarulhos de Literatura:
“Diário da casa arruinada”, romance do escritor Tiago Feijó.
“Começa em mar”, romance da escritora Vanessa Maranha.

Oceanos - Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa. Os livros continuam no páreo para a final:
“Atlas do impossível”, contos do escritor Edmar Monteiro Filho; 
 “Traço oco”, do poeta Paulo Nunes. 

Prêmio São Paulo de Literatura:
“Diário da casa arruinada”, romance de estreia do escritor Tiago Feijó.

Premio Jabuti:
“A face serena”, coletânea de contos da escritora Maria Valéria Rezende.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages