Bem-Vindo à Casa dos Espíritos – Christopher Buehlman - Tomo Literário

Post Top Ad

Bem-Vindo à Casa dos Espíritos – Christopher Buehlman

Compartilhe


Bem-Vindo à Casa dos Espíritos, de Christopher Buehlman, foi publicado no Brasil pela DarkSide Books em 2018 com tradução de Carolina Caires Coelho.

Apesar do nome do livro, que leva o leitor a acreditar que trata-se de uma obra de terror, a história apresentada tem elementos de fantasia, fábulas, folclore russo, mistérios e uma dosagem de surrealismo.

Andrew é um bruxo russo que vive numa misteriosa casa, cercada de encantamentos e feitiços. Com ele, Anneke, uma aprendiz, vai compreender a utilização da magia. Além da presença da aprendiz, Andrew namora uma sereia. Com esses elementos citados e um ambiente cercado de bruxarias, a casa não é visível para todo mundo. O encantamento permite que ela pareça quando e para quem o proprietário quiser.

“Ninguém que não é convidado vê a maldita casa.”

A sereia que tem um relacionamento com Andrew é um ser mítico e cheio de mistérios, que cerca pessoas e as mata levando-as para um lago. Trata-se de um espírito ou é apenas uma lenda russa? Andrew também acreditava que uma mulher havia morrido, mas aparentemente ela anda assombrando-o. Russo, como mencionado anteriormente, Andrew guarda em sua misteriosa residência uma relíquia da União Soviética e tem registros de espíritos em fitas de vídeo. Tudo é bastante enigmático na trama criada pelo autor.

A narrativa é labiríntica, o que percebemos logo no início, com trechos que vão dando a imagem da história completa. Outrossim, vale mencionar que a maneira como o autor constrói o texto é singular. Inicialmente, o livro aparece como uma trama confusa e mesmo o protagonista não parece ter a força que ganha na medida em que a história avança. As interseções de pensamentos dos personagens na narrativa ora facilitam a compreensão, ora aparecem como um recurso que em nada acrescenta na história.


Andrew é um personagem intrigante e até certo ponto carismático, tanto quanto nebuloso, o que causa atração no leitor em querer saber mais sobre ele e tudo que o cerca. Ele fez parte dos alcoólicos anônimos, tal qual Anneke que também apresenta problemas com bebidas. “Anneke Zutke saiu da prisão há seis anos e está sóbria há oito meses, na maior parte do tempo.” No passado da aprendiz há registros de agressões sexuais.

A história vai tomando corpo e tão louca se torna que um cachorro vira um quadro de Salvador Dalí.

Entre espíritos, magias, aparições, mortes, demônios, temores, loucuras, encantamentos, a trama se faz cheia de enigmas. A estrutura da narrativa, por vezes, torna a história confusa, o que requer atenção do leitor. Algumas passagens poderiam ser facilmente supridas sem prejuízo do desenrolar da trama e do sentido da história que nos é contada, por exemplo, algumas descrições de passo a passo das ações dos personagens que tornam a leitura morosa. Inegável dizer que, algumas vezes, surge a sensação de que estamos lendo um livro que foi roteirizado para o cinema ou para a televisão.

Esses entraves, apesar de tornarem a leitura truncada, são superáveis. Ou seja, é possível concluir a leitura do livro. A história é de certo modo assustadora e com elementos que provocam encantamento, além de ter um ar de surrealismo. A magia em cena cria situações inusitadas e garantem mudanças interessantes no rumo dos personagens. O encanto do livro está na “loucura” da história, que poderia ser apresentada numa estrutura mais atrativa para o leitor.

A conclusão é interessante e caminha para algo inesperado diante de tudo que lemos do início e durante o desenrolar da criação de Christopher Buehlman.

Estava bastante ansioso pela leitura e com a expectativa elevada. Não atingiu minha expectativa pelos motivos expostos anteriormente, mas cabe dizer que há sim uma boa história nas páginas de Bem-Vindo à Casa dos Espíritos.



Sobre o autor:

Christopher Buehlman é norte-americano, vencedor do Prêmio Bridport Prize por seu trabalho em poesia. Escreveu quatro espetáculos teatrais, incluindo Vulgar Sermons, uma coletânea de peças curtas com a qual excursionou em festivais renascentistas por mais de uma década. Tem quatro romances publicados internacionalmente, incluindo Between Two Fires, uma elogiada fantasia histórica, situada no auge da Peste Negra na Europa Medieval. Seu livro de estreia, Those Across the River, foi indicado ao World Fantasy Awards em 2011.


Ficha Técnica

Título: Bem-Vindo à Casa dos Espíritos
Escritor: Christopher Buehlman
Editora: DarkSide Books
Edição:
Número de Páginas: 377
ISBN: 978-85-9454-008-9
Ano: 2018
Assunto: Ficção norte-americana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages