[Quotes] Seja Singular, de Jacob Petry e Valdir R. Bündchen - Tomo Literário

Post Top Ad

[Quotes] Seja Singular, de Jacob Petry e Valdir R. Bündchen

Compartilhe


Durante a leitura do livro Seja Singular, de Jacob Petry e Valdir R. Bündchen, publicado pela Faro Editorial, fiz uma série de anotações. Separei alguns quotes para compartilhar com vocês.

“Decidir fazer aquilo para o qual tem uma habilidade natural é uma escolha. É um processo deliberado. A inteligência, ao contrário, é um processo involuntário. Você não escolhe usar a inteligência num momento, e no outro, não. Ela se impõe involuntariamente o tempo todo.”

“A autoimagem sempre é o reflexo de uma ideia que você tem sobre si mesmo. E essa ideia é induzida em você. Quando ela é negativa, tudo o que você pensa, percebe, sente ou experimenta é afetado por ela.”

“...não é o destino ou o acaso que determina a maneira como nos relacionamos com as circunstâncias, que define nossos resultados, mas sim o nosso modo de pensar.”

“Vemos o mundo de acordo com a maneira como fomos condicionados a vê-los pelos nossos moldes mentais.”

“...é um equívoco acreditar que pessoas com desempenhos extraordinários nascem dotadas de talentos excepcionais, oportunidades diferenciadas, vantagens ocultas ou uma inteligência fora do comum.”

“Quando fracassamos na realização dos nossos sonhos não é porque não temos a inteligência ou o talento necessário para vencer – mas porque não desenvolvemos uma mentalidade adequada que permita o uso de nossas habilidades e de nosso recursos para desenvolver essas habilidades.”

“Temos que aceitar que raras vezes o sucesso é consequência de uma mudança súbita, ou de uma única grande jogada. Pelo contrário, ele é o efeito composto de uma série de pequenas escolhas feitas de modo regular, simples e disciplinado, que multiplica seus resultados.”

“...se você quer saber qual é a sua prioridade neste momento, basta fazer um levantamento de onde você está investindo seu tempo, sua energia, seu capital e suas relações sociais. Simples assim.”

“...se não tivermos uma causa final estabelecida, o acaso raramente fará algum sentido para nós.”

“...desenvolver uma mentalidade de senso de urgência significa, basicamente, criar a base certa em sua vida. Ou seja: estabelecer prioridades em torno de suas aptidões e combater o anseio de deixar a vida te levar.”

A resenha do livro você pode conferir aqui no Tomo Literário.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages