Dia das Crianças - Diferenças culturais dentro da sala de aula - Tomo Literário

Post Top Ad

Dia das Crianças - Diferenças culturais dentro da sala de aula

Compartilhe


A chegada de quatro alunos estrangeiros na turma do 5º ano e uma professora atenta e sensível renderam uma ótima oportunidade de aprendizagem contada no livro Todo mundo junto, de Telma Guimarães, lançamento da Editora do Brasil

Imigração, uma importante questão do mundo contemporâneo, e o respeito às diferenças são temas abordados com muita sensibilidade no livro Todo mundo junto, de Telma Guimarães, com ilustração de Evandro Marenda, um lançamento da Editora do Brasil.

Na obra, Mirtes é professora de Geografia e se vê diante de um desafio: mediar a integração dos quatro alunos estrangeiros à turma do 5º ano. Vindos da Síria, da Bolívia, do Peru e de Angola, eles despertavam o riso dos colegas por causa do jeito de se vestirem, dos nomes e sotaques. A professora sentiu logo que esse comportamento fazia as crianças estrangeiras se sentirem mal. Então, tratou de criar um projeto para virar esse jogo, transformando a curiosidade das crianças em rico aprendizado e respeito pelas diferenças.

A autora teve a ideia de escrever este livro ao ler no jornal uma reportagem sobre crianças imigrantes. “Depois de ler mais sobre famílias que buscam melhores condições de vida aqui, neste enorme país, iniciei a história. O que parece começar com pequenos conflitos torna-se uma experiência muito enriquecedora, tanto para Mirtes, a professora, como para todos os seus alunos”, escreve Telma.

Indicado para crianças que estão no 5º ano escolar, o livro faz parte da coleção De todo mundo, que foi criada para tratar com leveza e humor temas importantes para o desenvolvimento humano. Com ilustrações atrativas, de brinde, cada livro da coleção traz, no final, uma HQ que complementa de forma divertida o tema abordado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages