[Entrevista] Jadna Alana - Tomo Literário

Post Top Ad



Jadna Alana tem múltiplos talentos: escritora, cantora e booktuber no canal: “Uma Escritora Diferente”. Jadna falou ao Tomo Literário sobre sua entrada no universo literário, seus livros, música e muito mais. Leia a entrevista na íntegra.

Tomo Literário: Quando e como você se descobriu escritora?

Jadna Alana: Faz quase três anos desde que eu descobri que realmente queria isso para minha vida. Foi em uma época de várias mudanças em minha vida, quando perdi a oportunidade de entrar no curso que queria e então passei a focar mais nas minhas leituras, então comecei a ler os livros da Cassandra Clare e senti o desejo de começar a escrever.

Tomo Literário: A Princesa de Ônix foi publicado pela Editora Coerência. Como surgiu a ideia do livro e quanto tempo levou todo o processo da escrita até a publicação?

Jadna Alana: A ideia surgiu quando eu estava em uma aula de literatura na faculdade. Enquanto a professora contava suas experiências a cerca de um assunto, eu comecei a vagar, pensando em como seria criar um Mundo Mágico totalmente do zero e criar várias espécies para colocar nele. Com relação ao processo de escrita, passei apenas dois meses para escrever tudo, claro que depois fiquei quase um ano reescrevendo, aperfeiçoando, conversando com betas, mas o rascunho principal foi dois meses.

Tomo Literário: Qual a etapa de maior dificuldade?

Jadna Alana:  Eu acho que o processo de revisão. Não sei quanto aos outros escritores, mas eu me sinto péssima quando estou revisando meus livros. Primeiro porque a gente sempre achava que aquilo que escrevemos merecia ficar melhor, então surge a insegurança em publicar. Segundo que você precisa se debruçar sobre aquele livro, ler e reler muitas vezes, isso causa certo “abuso” porque tem hora que a gente até decora as palavras que usou de tanto reler a mesma coisa.

Tomo Literário: Você tem conto na antologia Era Uma Vez. Pode falar um pouco sobre o conto?

Jadna Alana: Claro! Eu tenho um carinho muito grande por essa antologia. Acho que se deve ao fato de ser a minha primeira antologia, isso é inesquecível. E também porque a personagem que eu criei me cativa muito. O nome dela é Anna e é uma princesa que não quer o luxo do palácio nem um casamento arrumado, ela só quer ser livre e viajar pelo mundo levando sua música (ela é violonista). Anna procura sempre desobedecer às ordens dos seus pais, sempre fazendo travessuras pelo reino, até o dia em que precisa tomar uma decisão difícil. (Não vou falar mais para que fiquem curiosos!).

Tomo Literário: O seu primeiro livro foi “A Descoberta”, o primeiro também da Saga dos Seis Portais. Fale um pouco sobre a saga e quais as expectativas em relação ao lançamento dos próximos volumes?

Jadna Alana: Interessante essa pergunta. Depois de longos dois anos em uma editora, finalmente consegui tirar o livro de lá. Ele foi meu primeiro livro, não tinha tanto conhecimento com relação a escrita, então me dediquei a reescrevê-lo. Os livros seriam seis, mas acabei deixando apenas em três. Acredito que essa história era algo daquela época, de uma Jadna que ainda estava começando, não consigo imaginar mais três livros para escrever, afinal, tenho muito projetos em mente. Acho que conseguirei passar toda a magia que queria nesses três volumes. Com relação a publicação, eu não tenho ideia de quando vou conseguir publicar, mas certamente em breve.

Tomo Literário: Além de escritora você tem um canal no Youtube (Uma Escritora Diferente), em que você também posta vídeos cantando, entre outros assuntos. O que cantar representa para você?

Jadna Alana: Tudo. Era meu sonho antes de ser escritora. Sempre quis ser uma cantora, viajar pelos palcos da vida, não acho que ser escritora anula essa opção, afinal, também quero me formar em música um dia, mas acredito que encontrei o meu amor maior. Escrever é como abrir caminhos e me aproximar ainda mais da liberdade. Sinto como se pudesse viajar por mundos mágicos sem sair da frente do meu computador. Sempre fui uma garota mais reservada, que preferia estar lendo em casa ao invés de sair para a rua com os amigos. Me sinto mais confortável assim, porém, ainda trago a música em meus livros. Por exemplo, em A Princesa de Ônix eu compus canções próprias, em Lia, Rock e o Último Acorde conto a história de uma guitarrista, no meu novo projeto secreto teremos uma jovem que cursa canto... enfim... em todos os meus livros deixo a marca da minha segunda paixão: a música.

Tomo Literário: Por falar em música, escolheria alguma ou algumas para servir de trilha sonora para seu livro A Princesa de Ônix?

Jadna Alana: Existe uma playlist completa com todas as músicas que ouvi no processo de escrita de APO, mas existe uma que marca muito. Chama-se “Lost” e é da banda “Within Temptation”, uma das minhas bandas favoritas.

Tomo Literário: O que inspira a escrever?

Jadna Alana: Meus leitores, sem dúvidas.

Foto: Reprodução
Tomo Literário: Tem algum novo projeto literário vindo por aí? Pode nos contar um pouco sobre ele?

Jadna Alana: Tem! Esse ainda é super secreto, então não posso contar nada. Porém, guarde na mente de vocês o nome “Sombra da Noite”, será épico.

Tomo Literário: Que autores você recomenda ou quais autores influenciaram o seu trabalho como escritora?

Jadna Alana: As minhas maiores influências sem dúvidas são as duas divas da minha vida: JK. Rowling e Cassandra Clare.

Tomo Literário: Que livros, de quaisquer gêneros, você indicaria aos leitores e de que maneira esses livros te tocam?

Jadna Alana: Minhas recomendações sempre são livros fantásticos. Eu amo de todo coração ler coisas que se passam em universos únicos e criados. Sem dúvidas recomendo Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Os Instrumentos Mortais, Game Of Thrones e um nacional que eu amo e foi escrito por um grande amigo: A Estrela de Seis Pontas.

Tomo Literário: Quer deixar algum comentário para os leitores?

Jadna Alana: Quero apenas dizer que os amo de todo coração, que tudo que eu faço e escrevo é somente para que os façam bem e felizes. Quero que nunca deixem de acreditar em seus sonhos, a perseverança é a chave para o sucesso. “Quem acredita sempre alcança”.

Saiba um pouco mais sobre a escritora

Jadna Alana nasceu em Campina Grande, Paraíba. Cresceu em uma cidade do interior chamada: Nova Palmeira. Escritora, cantora, estudante de Letras pela Universidade Estadual da Paraíba e também booktuber no canal: “Uma Escritora Diferente”. Publicou seu primeiro livro aos 18 anos de idade, intitulado: “A Descoberta” esse que é o primeiro livro da série: A Saga dos seis portais. Seu mais novo lançamento chama-se “A princesa de Ônix”, que faz parte da duologia: Os Sete Reinos de Olivarum e que foi publicado pela Editora Coerência. Sempre cercada de livros e com muitas ideias na cabeça, Jadna pretende nos surpreender através da sua protagonista, Amie.

Conheça os livros da autora

A Princesa de Ônix

Em um mundo onde a magia é possível, Sete Reinos foram criados pela Trindade Iniciadora. Eles foram representados por espécies mágicas diferentes e a lei e o poder foi a única verdade absoluta para ser vivida durante os últimos séculos.

No Reino de Ônix, a princesa bruxa Amie Bell, acaba de completar dezoito anos de idade. Uma data que deveria ser comemorada com muita alegria, mas que acaba se tornando o pior dia da vida dela. Encurralada por um feitiço que deu errado, a jovem embarca em uma aventura onde descobrirá o que existe além dos muros do palácio onde viveu a sua vida inteira. Terá que despertar suas habilidades para sobreviver sem todos os caprichos que tinha como princesa e terá que lutar por sua sobrevivência com a ajuda de um Clã que vive contra as leis de Olivarum.

Você está pronto para encarar essa aventura?

Lembre-se: Se fizer a escolha errada, tudo pode acabar.

Disponível no site da Editora Coerência | Saraiva | Amazon.

E tem degustação no Wattpad.
  
Era uma Vez

Era uma vez… um livro sobre princesas…

Tudo começou com os contos de fadas, com o modelo de princesas a ser seguido. Sempre bem-educadas, com pele alva, um castelo e um príncipe em um cavalo branco. Mas e se a história real, aquela que as pessoas escondem, não for bem assim?

Embrenhadas em florestas, envoltas por livros espessos de encantamentos, vivendo entre nós e também em mundos paralelos, nossas princesas trazem segredos que prometem revolucionar os contos de fadas em que eram submetidas.

Bem-vindo à verdadeira realeza.

Disponivel no site da Editora Coerência.

Acompanhe Jadna Alana nas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Post Bottom Ad

Pages