Bibliotecas

Para quem gosta de livros, as bibliotecas são um verdadeiro sonho. Ou poderíamos dizer que são uma grande realização? Sejam públicas ou particulares elas são um ótimo meio de ter contato com as obras que desejamos ler, sem a necessidade de dinheiro para adquirir os livros.

Eu sei que há muitas pessoas que adoram ter o seu acervo particular, como é o meu caso. Confesso! Mas, eu não deixei de consultar e emprestar livros na biblioteca. Muito do meu hábito de leitura foi reforçado, na infância, quando eu retirava livros toda semana no ônibus-biblioteca que parava na praça central do bairro em que eu morava.

Os livros disponibilizados nos acervos públicos  podem ser consultados no local para realização de pesquisa, elaboração de trabalhos acadêmicos, trabalhos particulares ou pelo simples e puro prazer de ler. Os títulos podem ainda ser retirados e entregues em data combinada com o estabelecimento. Cada biblioteca tem o seu modelo de operação.

Biblioteca de São Paulo / Foto: Divulgação
Na cidade de São Paulo, por exemplo, existem 52 bibliotecas públicas, 01 biblioteca infanto-juvenil, 15 pontos de leitura, 13 bosques da leitura e 72 roteiros fixos do ônibus-biblioteca, além da Feira de Troca de Livros e Gibis. Os dados referem-se às unidades que estão subordinadas à Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas. Além destas, existem as bibliotecas particulares, como as que estão instaladas em universidades, colégios ou empresas. Uma ótima opção para quem quer consumir livros.

As bibliotecas públicas estão espalhadas pelo país. Você pode consultar o site da prefeitura de sua cidade para verificar a biblioteca mais próxima. 

O sistema de funcionamento das bibliotecas é muito similar. Normalmente o leitor efetua um cadastro apresentando documentos pessoais e comprovante de residência, recebe alguma identificação (carteirinha, cartão ou número de acesso), pode retirar uma quantidade determinada de livros e/ou revistas e/ou outras publicações que a biblioteca disponibilize e tem um prazo determinado para devolução. Para aqueles leitores que “esquecem” de entregar o livro na data acordada há alguma penalidade ou multa. Justo!

Segundo matéria publica do site do G1 em novembro de 2014, no Brasil há uma biblioteca para cada 33 mil habitantes. Os dados utilizados na matéria são do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, do Ministério da Cultura. O Brasil tem 6148 bibliotecas públicas. De acordo com o Instituto Pró-Livro 76% da população não freqüenta bibliotecas.

De acordo a apuração do Ministério da Cultura, o Rio de Janeiro é a cidade que apresenta o menor número de bibliotecas por habitante, enquanto Tocantins lidera o ranking.
Ônibus-Biblioteca - Foto: Site da Prefeitura de São Paulo
No site da Prefeitura de São Paulo é possível obter informações, endereços, telefones e horário de funcionamento das bibliotecas. Você pode conferir clicando no link destacado entre parênteses (http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/). Além das bibliotecas fixas é possível ainda, no mesmo site, buscar informações sobre os roteiros dos ônibus-biblioteca.

No site do Governo do Rio de Janeiro também é possível encontrar informações sobre as bibliotecas do Estado e do Município. (http://www.cultura.rj.gov.br/materias/bibliotecas-publicas-disponiveis-para-o-seu-atendimento).

Biblioteca Nacional - Rio de Janeiro - Foto: George Maragaia
Além das bibliotecas públicas, os estudantes de ensino fundamental, médio ou universitário podem ter acesso à bibliotecas das instituições de ensino. Certamente será possível encontrar livros ligados a área de estudo e também outros títulos de assuntos diversificados, como poesia, romance, crônicas, contos, ficção científica, entre outros.

Algumas empresas no país, para incentivar o hábito da leitura, tem seu acervo próprio e disponibilizam o livro para seus funcionários (gratuitamente), no mesmo modelo de atuação das bibliotecas públicas.

Conheça uma biblioteca, incentive a leitura e embarque no conhecimento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.