10 livros e o Natal

Dia 25 de dezembro é Natal. Nessa época as decorações, a união familiar, a troca de presentes, o clima, a fantasia de ser visitado pelo Papai Noel, tudo isso encanta a adultos e crianças.  Goste ou não de Natal, ele existe.  Independente de sua crença ou religião, o Natal é mágico e por isso separamos dez livros que tem a temática da data em suas histórias. Confira a lista dos livros e as sinopses.
A aventura do Pudim de Natal – Agatha Christie
L&PM, 272 páginas, 2012

Um corpo apunhalado dentro de um baú. Uma briga familiar que termina em assassinato. Um homem que acredita estar prevendo sua morte em sonhos. Estes são apenas alguns dos mistérios que Agatha Christie apresenta nesta deliciosa seleção de contos, que reúne cinco casos do detetive Hercule Poirot e um de Miss Marple. Na história que dá título ao livro, “A aventura do pudim de Natal”, um príncipe herdeiro pede a Poirot que o ajude a encontrar um rubi que lhe foi roubado. Para investigar o caso, o detetive precisa participar – a contragosto – de uma tradicional celebração natalina inglesa em uma mansão do interior. Mas um bilhete anônimo acaba mudando tudo.  Publicado originalmente em 1960, as histórias foram escolhidas pela própria autora, que faz uma homenagem às festas de Natal de sua infância.

O Natal de Poirot – Agatha Christie
L&PM, 256 páginas, 2010
 
Simeon, o patriarca dos Lee, resolve convidar todos os filhos para comemorar o Natal na luxuosa mansão da família. É hora de eles deixarem os ressentimentos de lado e visitarem o velho pai. Mas aparentemente as intenções de Simeon não são nobres. Ele quer se divertir às custas do ganancioso grupo de familiares. Tudo começa com algumas alterações em seu testamento... e termina com um assassinato, em um quarto trancado por dentro. Quando Hercule Poirot oferece ajuda para solucionar o caso, encontra uma atmosfera que não é de luto, mas de suas suspeitas mútuas. 
Feliz Natal , Alex Cross – James Patterson
Editora Arqueiro, 176 páginas, 2013
 

É véspera de Natal, tempo de paz e fraternidade. Infelizmente nem todos pensam assim. Após deter um ladrão que estava roubando a caixa de doações da igreja, tudo o que Alex Cross quer é ter uma noite feliz com sua família. Mas, para tristeza de seus filhos, de Bree e de Nana Mama, o detetive será convocado para solucionar não apenas um, mas dois casos no feriado. Numa bela mansão, uma família é mantida refém. Alex atravessa a cidade rumo a uma das regiões mais nobres de Washington. Henry Fowler, um famoso advogado que viu sua vida e sua carreira serem arruinadas, ameaça matar os filhos, a ex-mulher e seu novo marido. Psicótico e viciado em metanfetamina, Fowler precisa ser detido. Mas a pergunta que não sai da mente do psicólogo que habita em Cross é: o que faria alguém tão bem-sucedido afundar dessa maneira? Envenenamento e terror na estação de trem Convocado às pressas pelo FBI, Cross terá que capturar uma antiga inimiga: a terrorista Hala Al Dossari, que foi reconhecida por uma das câmeras da Union Station. Em pouco tempo acontecem mortes e explosões. Mas será esse ataque seu único objetivo? Ou tudo fará parte de um plano maior, capaz de gerar uma catástrofe nacional?
Esquecer o Natal – John Grisham
Rocco, 216 páginas, 2002
O livro conta a história de Nora e Luther Krunk, que planejam fazer um cruzeiro pelo Caribe para fugir do Natal. Escândalo e pasmo gerais, pois moram num bairro chique, onde todo mundo festeja o Natal com todo o brilho que tem a maior festa cristã. Só que, na véspera do embarque, sua filha volta do Peru, impossibilitando o cruzeiro. Em poucas horas, os Krunk são obrigados a improvisar uma festa que exigiria semanas e até meses de preparo. O atropelo é tão grande que o desastrado Luther sobe ao telhado para colocar um homem de neve - feito de plástico -  junto à chaminé e acaba caindo lá de cima, sendo salvo por um fio elétrico enrolado ao seu pé. É aí que os vizinhos, que antes zombavam dos Krunk e suas trapalhadas, entram com a amizade e a solidariedade. A festa estava estragada? Os vizinhos fazem a festa. O rabugento Luther Krunk reconcilia-se com os vizinhos, com o Natal e com o mundo. 
Deixe a neve cair – John Green
Rocco Jovens Leitores, 336 páginas, 2013
 
Na noite de Natal, uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos. Em “Deixe a Neve Cair”, bem sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera.


Um conto de Natal – Charles DickensL&PM, 144 páginas, 2003
Em meio ao frio e à neve da cidade de Londres, à véspera do Natal, todos preparam-se para a celebração do nascimento de Cristo. As donas de casa ocupam-se alegremente com seus assados, os homens, ansiosos, não vêem a hora de voltar para casa, e as crianças perdem o sono pensando nos presentes. Apenas uma pessoa não parece feliz com o Natal: o velho Scrooge, homem de negócios sovina, ranzinza e solitário. Ele não vê razão para tanta alegria e inquieta-se, apenas, com a folga que terá de dar a seu secretário. Mas ele recebe a visita fantasmagórica de Marley, seu falecido sócio, que se arrepende de ter passado a vida atrás do dinheiro. Ele leva Scrooge em uma viagem inesquecível para tentar salvá-lo enquanto é tempo.
Publicada originalmente em 1843, a história da redenção do velho Scrooge é sem dúvida o mais célebre conto de Natal e já foi adaptada para história em quadrinhos, filme, peça teatral, etc., comovendo adultos e crianças de todas as épocas.

O Natal do Carteiro – Allan Ahlberg
Companhia das Letras, 36 páginas, 2010


Quando chega a época de Natal, o Papai Noel não é o único a arrancar os cabelos abarrotado de tantas tarefas. O Carteiro também trabalha em dobro para entregar todos os bons votos e desejos de felicidade - e alguns presentes também. Pois neste livro ele visita alguns personagens de contos de fadas tradicionais para lhes entregar a correspondência natalina - os ursinhos recebem um postal da Cachinhos Dourados; a Chapeuzinho Vermelho ganha do Lobo Mau uma carta com um jogo de tabuleiro; ao Humpty Dumpty chega um cartão com um quebra-cabeça enviado pelos Cavaleiros do Rei; o Homem Biscoito é presenteado com um almanaque e um livrinho de sabedorias; e até o Lobo Mau, mais um que adora o Natal, foi visitado pelo nosso amigo.

Mas a grande tarefa do Carteiro nessa época do ano - como ninguém parou para pensar nisso? - é auxiliar a própria família Noel, fazendo chegar à sua fábrica os milhares de pedidos das crianças. Assim, ele também passa por lá, para deixar as suas cartas, e de quebra ainda ganhar um presente, que carteiro também merece. Ao acompanhar a história do Carteiro, as crianças encontram os envelopes recheados de cartas, cartões e presentinhos - como jogos e livros - e aprendem a manter uma tradição milenar que, mesmo com o avanço dos contatos via telefone e principalmente da correspondência eletrônica, nunca perderá a sua função.

Cartas do Papai Noel – J. R. R. Tolkien
Martins Fontes, 168 páginas, 2012

Todo mês de dezembro, um envelope com um selo do Polo Norte chegava para os filhos de J. R. R. Tolkien. Dentro dele, uma carta escrita à mão com letra trêmula e estranha e um lindo desenho colorido. Isso tudo era do Papai Noel, narrando histórias incríveis sobre a vida no Polo Norte. Desde a primeira carta para o filho mais velho, em 1920, até a comovente última carta para a caçula, em 1943, este livro reúne todas as memoráveis cartas e desenhos que Tolkien fez para os filhos em uma edição primorosa.
  
O presente do meu grande amor – Stephanie Perkins (Organização)
Intrínseca, 352 páginas, 2014
Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve — presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite —, vai se apaixonar por O' presente do meu grande amor'. Nas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa que você comemore o Natal, o ano-novo, o Chanucá ou o solstício de inverno.
Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve — presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite —, vai se apaixonar por O' presente do meu grande amor'. Nas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa que você comemore o Natal, o ano-novo, o Chanucá ou o solstício de inverno.
Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve — presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite —, vai se apaixonar por O' presente do meu grande amor'. Nas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa que você comemore o Natal, o ano-novo, o Chanucá ou o solstício de inverno.

Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve - presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite -, vai se apaixonar por O presente do meu grande amor. Nas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa que você comemore o Natal, o ano-novo, o Chanucá ou o solstício de inverno.

Dom de Natal – Nora Roberts
Harlequin, 308 páginas, 2009

Duas histórias sobre o milagre natalino.
Volta, No Natal: Após 10 anos longe de sua cidade, o jornalista Jason Law retorna para New Hampshire sob a égide do filho pródigo. Ele agora pensa em somente uma coisa: reencontrar Faith Kirkpatrick, seu primeiro amor, e sua primeira decepção na vida. Mas talvez ela não tenha mais tempo para Jason... a não ser que, inspirada pelo espírito natalino, crie coragem para tornar realidade seu maior desejo. Nosso Pedido de Natal: Os gêmeos idênticos Zeke e Zach tinham somente um pedido para Papai Noel: uma nova mãe! Ao conhecerem a srta. Dayse, a nova professora de música, mal podiam acreditar em tamanha sorte. Por outro lado, convencer o pai deles, Mac Taylor, poderia ser muito mais difícil do que imaginavam.  Será que Zeke e Zach ganhariam o presente que tanto queriam?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.