Livros lidos em julho de 2018



Agosto chegou, então está na hora de conferir a lista de livros lidos em julho e um breve comentário sobre cada um deles.

Dança da Escuridão, de Marcus Barcelos, foi lançado pela Faro Editorial e trata-se da continuação de Horror na Colina de Darrington. Nesse livro, temos o protagonista Benjamin sofrendo com as ações de seu passado. Ele desperta e se vê amarrado numa cadeira de metal, na escuridão, em um lugar desconhecido. Como ele se tornou alvo da seita, precisará entender o que o colocou naquela situação e qual a sua origem. Um livro tenso, arrepiante e repleto de reviravoltas.

Mulheres que Amam Psicopatas, de Sandra L. Brown, foi publicado pela Editora Cultrix – Grupo Editorial Pensamento. O livro tem o subtítulo “como identificar homens com distúrbios de personalidade e se livrar de um relacionamento abusivo”. A temática do livro é essa. Aborda o perfil de psicopatas que envolvem as mulheres numa relação de abuso. A autora traça um panorama amplo do comportamento desse homens e o impacto que isso tem na vida da mulher. Uma obra de referência para leigos e especialistas. Vale a leitura!

Li também Um Grão de Areia, de Pedro Braghin, publicado pela Editora Autografia. O livro conta a história de um médico que tem o desejo de mudar o mundo e vai para a África, viver numa situação inóspita e completamente difícil, em meio a violência, a guerra e a fome. O cerne da obra questiona se um bom coração é capaz de surtir algum efeito no mundo violento ou se é apenas um grão de areia insignificante no deserto? Uma boa história para refletir.

Me apaixonei pela história de Hilda Hilst em Eu e Não Outra – A Vida Intensa de Hilda Hilst, de Laura Folgueira e Luisa Destri, publicado pela Tordesilhas. A obra é a primeira biografia da escritora e conta vários aspectos da vida privada e profissional de Hilda. A autora foi a homenageada da Flip 2018.

Publicado pela Autografia e de autoria de Gabriela Rocha, li Natasha – Cortinas Fechadas, Olhos Bem Abertos, que conta a história de um trupe de circo bastante peculiar. São contos reunidos sobre Natasha e outros peronsagens. Os personagens são muito humanos e trazem consigo dramas e dilemas que podem ser os de qualquer um de nós. Em breve teremos resenha no blog.

Em parceria com a ABERST – Associação Brasileira dos Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror recebi o livro Noite Escura, de R. Tavares. Foi outra leitura do mês. Trata-se de um livro curto, que conta a sucessão de eventos que ocorrem com um pistoleiro profissional. Ele comete um erro no trabalho para o qual foi contratado e passa a noite toda tentando corrigir o seu equívoco. Um bom livro!

A poesia também esteve presente no mês de julho e veio pela voz de um poeta de treze anos, Alan Silva, o autor do livro O Poeta Sabiá, publicado pela Editora CeNE e com ilustrações de Maria Xilo. As poesias versam sobre temas diversos, tais como o amor, a família, o estudo, o meio ambiente e outras questões que nos são caras. Muito bom ver que há uma luz no fim do túnel quando vemos jovens escrevendo poesia.

Outro livro lido no mês foi Clarice, de Roger Mello. Fiquei simplesmente encantado com a obra. Além das ilustrações que dão um tom lúdico a história em si é muito interessante. O livro fala sobre Clarice e Tarso, duas crianças que passam pelo período do regime militar. A visão de Clarice nos é apresentada trazendo fragmentos de sua interpretação ingênua sobre os fatos, fazendo-nos refletir sobre o período. Que livro, minha gente! Ah! A personagem tem o nome inspirado na escritora Clarice Lispector... me fisgou.

E pra finalizar o mês de julho me aventurei em A Garota do Orfanato Sombrio, de Temple Mathews, publicado pela Editora Jangada. Echo Stone acorda num local desconhecido, chamado Casa do Meio. Logo descobre que está morta e que precisa desvendar quem é o seu assassino. Nessa jornada, a jovem descortina seu passado e se descobre. O livro mistura mistério, terror, fantasia e aventura.

Que agosto nos renda ótimas leituras!



Livros lidos em julho de 2018 Livros lidos em julho de 2018 Reviewed by Tomo Literário on 14:08 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui seu comentário.

Tecnologia do Blogger.