[Quotes] Começa em Mar



Durante a leitura do livro Começa em Mar, de Vanessa Maranha, publicado pela Editora Penalux, destaquei alguns trechos que despertam reflexão. E, por meio desses trechos, é possível sentir a sensibilidade do livro.

Confira os quotes que foram selecionados. No final da postagem tem o link para a resenha da obra, que foi publicada aqui no Tomo Literário.

“... o mar começa e termina no horizonte, existe até o ponto aonde os olhos vão. O resto é invenção. Ou profundeza.”

“A pouca vida é movimentar-se sem amor.”

“O temor da morte realça a vida, confere sentido mais épico e urgente à existência.”

“... tudo acaba mesmo.”

“A plenitude talvez estivesse na imensa bolha de um instante; brilhante e translúcida e covardemente breve.”

“A vida perigoso, quase sempre.”

“... somos apenas o que somos. Mas podemos não sê-lo também.”

“Em todo amor está contido seu oposto, outra face. Qualquer amor carrega ódio subjacente.”

“... a hipocrisia dará fim à humanidade de braços dados com o fanatismo e a ignorância.”

“Mas, viver era também isso. Preencher minutos, inventar movimento, alguma mínima lógica de projetos e certezas nenhumas.”

“A loucura é imprevisível. Pode irromper de uma só vez, escandalosa, ostensiva, sem que os seus sinais de aviso tenham sido percebidos.”

“... não há desnudamento maior que a morte...”

“A hipocrisia é farfalhante. Tem um olho cínico e risinhos afetados. Dá tapas lisonjeiros nas costas. É pastosa. Pretende-se grandiloqüente, mas é diminutiva.”

“Viver é sempre essa desmesura, esse conta-gotas implacável, o lentíssimo ruir das horas, galho verde ressecando.”

A resenha do livro está disponível aqui no Tomo Literário.

O livro pode ser adquirido no site da EditoraPenalux.

[Quotes] Começa em Mar [Quotes] Começa em Mar Reviewed by Tomo Literário on 00:05 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui seu comentário.

Tecnologia do Blogger.