Todos os Sonhos do Mundo - Giselda Laporta Nicolelis



Todos os Sonhos do Mundo, de Giselda Laporta Nicolelis, foi publicado pela Editora do Brasil em 2016. Trata-se de um livro de contos que tem como fio condutor uma coisa que por certo está presente na vida de todos nós: as relações familiares.

“Pai não é só quem põe a gente no mundo, não; pai é quem está sempre presente, cuida pela vida inteira, com amor e carinho.” (Trecho de Só se for por amor! – o primeiro conto do livro)

O conto do qual o trecho acima foi extraído fala sobre um garoto que quer saber quem é o seu pai biológico. E apesar do medo de sua mãe e de seu pai, o menino dá uma verdadeira lição de respeito e amor.

Outro conto do livro trata de uma criança desaparecida. O que pode suscitar discussões para situações similares, tendo em vista que as estatísticas demonstram que todo ano, no Brasil, 250 mil pessoas desaparecem sem deixar vestígios. Há muitas famílias que ainda estão em busca de encontrar seus filhos ou outros entes que desapareceram. O conto cita, por exemplo, as Mães da Praça da Sé, um movimento de mães que procuram por filhos desaparecidos, em São Paulo.

A questão sobre vícios de drogas, mais precisamente sobre o uso do crack, também está representada em um conto de Giselda. O conto que fala sobre o tema é “Sem nem dizer adeus...” Uma vó, uma filha, uma neta, a família. A história revela como eles tratam a questão do uso de drogas por um membro da família e o acolhimento da pessoa viciada.

Para fechar o livro, o quarto conto fala sobre adoção. Contar ou não contar para a criança adotada? Certamente, você já deve ter ouvido esse questionamento em vídeos, documentários, depoimentos ou séries que tratam do tema. “... A menina não tinha certidão de nascimento, continuava a não existir legalmente”, cita uma passagem do livro. Eis aí outro assunto que pode muito bem ser tema de conversa numa mesa familiar ou na sala de aula.

Todos os contos do livro são referências à situações reais. A autora é jornalista e expressa que procurou recontar a realidade. Os contos auxiliam aquela conversa familiar que muitas vezes os pais não sabem como iniciá-la ou ainda pode servir como introdução para discussões no ambiente educativo (escolas). É certo que os temas tratados servem para abrir a conversa com crianças e adolescentes e ajudam os pais ou professores a conduzir as reflexões. Além disso, as histórias também servem de entretenimento para jovens e crianças. 

O texto do livro é claro, objetivo e as histórias bem montadas chamam a atenção do leitor, qualquer que seja sua idade. É um livro que nos tempos atuais, em que a constituição da família é, antes de tudo, a união dos laços (independente de raça, cor, sexo ou religião), fortalece as relações. Por temas que são nebulosos ou que podem até não aparecer nas conversas familiares, o livro nos convida a essa abertura.

A publicação da Editora do Brasil conta com ilustrações de Eduardo Uchôa que já participou de exposições de arte e desenho no Rio Grande do Sul, São Paulo, Chile, México e Espanha.

Cada um dos contos traz uma frase de Fernando Pessoa na abertura. O nome do livro também inspira-se na célebre frase do poeta: “Tenho em mim todos os sonhos do mundo”.

Foto: Reprodução
Sobre a autora:

Giselda Laporta Nicolelis nasceu em 27 de outubro de 1938, em São Paulo/SP. Estou dos 7 aos 18 anos num colégio de freiras francesas. Em seguida, graduou-se em Jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero. Começou a escrever aos nove anos de idade. Em 1972 publicou a primeira história e, em 1974, o primeiro livro. Hoje são mais de cem títulos por várias editoras, a maioria para crianças e jovens. Alguns deles renderam-lhe vários prêmios literários, entre eles o Prêmio Governador do Estado, em 1974, da Secretaria do Estado da Cultura/SP; Prêmio João de Barro da Prefeitura de Belo Horizonte/MG, em 1980; Prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte), em 1982; e Prêmio Jabuti, em 1985. Para Giselda, escrever é um ato de paixão “como um rio correndo inexoravelmente para o mar”.

Foto: Reprodução
Sobre o ilustrador:

Eduardo Uchôa profissionalizou-se como ilustrador no departamento de arte do Jornal Zero Hora. Sempre inquieto por desenvolver novos caminhos, trabalhou com pintura, ilustração para produtos, comerciais, revistas e livros. Participou de exposições de arte e de salões de desenhos em São Paulo, Rio Grande do Sul, Chile, México, e Espanha.

Ficha Técnica

Título: Todos os sonhos do mundo
Escritor: Giselda Laporta Nicolelis
Editora: Editora do Brasil
Edição: 1ª
ISBN: 978-85-10-06141-4
Número de Páginas: 85
Ano: 2016
Assunto: Literatura infantojuvenil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.