Conheça Outrora: Crônica de Uns Dias Perdidos, de Jayme Mathias Netto



Recebi o livro Outrora: crônica de uns dias perdidos, do escritor Jayme Mathias Netto, publicado pela Editora Mulfoco em 2016. Assim que concluir a leitura teremos resenha publicada aqui no blog. Por enquanto, conheça o livro através da sinopse.

Em Outrora: crônica de uns dias perdidos, primeiro livro de Jayme Mathias, o poeta, pintor, escritor, filósofo e artista diletante dedicou-se a uma curta estória que reorganiza as suas poesias, prosas e aforismos como pano de fundo, colocando para fora múltiplas vozes, com uma escrita sem limites, cuja linguagem às vezes falta. Ele utiliza pseudônimos que foram seus companheiros desses vários anos na conquista expressiva e se deparou com a estranheza da própria língua, enquanto tentou decifrar o que vem de dentro e que foi, aos poucos, ganhando força. Assim, balbuciou e gaguejou em forma de experiência lingüística, quando é possível reverter a ordem do pensamento e só dessa forma conseguir enxergar o que há dentro, provocando no leitor o fato de que a parte dentro dele seja também tocada e se irradie em forma de outras experiências possíveis. Tudo isso se expressa no enredo do pacto ritualístico entre Marcel Leônidas Padilha e Assis de Sá Carneiro. O distanciamento das relações humanas faz com que Marcel perceba que não consegue mais sequer pronunciar uma palavra, se não por meio da escrita, dirigindo-se assim, após o pacto, a um deslocamento radical da sociedade contemporânea. No fundo, esse livro é um ritual lingüístico aos que se interessam na busca frenética de si.

Conheça um pouco sobre o autor:

Jayme Mathias Netto é um escritor brasileiro nascido em Fortaleza – CE. Hoje expressa-se buscando potencialidades das várias formas artísticas. Vem construindo atualmente uma tese na filosofia, para repensar a linguagem. Seu grande interesse pelo conhecimento e pela arte formam um duplo movimento de entendimento e expressão para aqueles que amam incondicionalmente o fato de estar vivo.

Link para compra:

Um comentário:

Deixe aqui seu comentário.