Meu Lado Sombrio - Contos de Terror e Horror - Rô Mierling (Organização)

“Meu Lado Sombrio – Contos de Terror e Horror”, é uma publicação da Editora Illuminare datada de 2016, com organização de Rô Mierling. Os contos foram escritos por Alex Camargo, Alexandre Braoios, Ana Rosa Martins, Bruno Nascimento, Clarisse Souza, Dyórgia Oliveira, Gabriel Sampaio, Humberto Faria de Lima, José Martins Filho, Lana Gomes, Lisa Hallowey, Marcio Muniz, Marcos Toni Sousa, Narjara Oliveira, Ricardo Lohem, Rick Spitaleti, Roberto Mello, Robert Lima, Sandra Boveto, Tatiana Honorato e Tito Prates.

Todo ser humano tem o seu lado obscuro. Alguns tem domínio de sua obscuridade, outros, no entanto, não conseguem dominá-lo. Há ainda a obscuridade que vem do ambiente externo, provocada por aspectos que causam espanto, terror, medo e horror. Um acontecimento trivial pode trazer a tona uma jornada pelo mundo escuro e terrível que causa calafrios, que provoca frio na espinha, que faz os pelos arrepiarem... e, na leitura, dá aquele frisson e leva o leitor a se perguntar: o que vem por aí?

Vinte e um contos que estão dispostos em ordem alfabética por autor, escritos em terceira e primeira pessoa. Nos textos o leitor vai encontrar sangue, pessoas que dissimulam a imagem e que escondem atos atrozes, coleções macabras de partes humanas, uma caixa misteriosa, violência e morte, transformações sobrenaturais, crimes, dor e prazer, mentes perturbadas que tramam sua ação tenebrosa, presenças que causam espanto, fantasmas que assombram e outros elementos de terror.

A antologia reúne bons contos que tratam do lado sombrio do ser humano. Seja no viés em que o sombrio e o terror advém do lado interno do ser ou pelos terrores que são despertados por estímulos externos, não resta dúvida de que o leitor será aterrorizado pelos contos presentes no livro.

“Recuo, assustado. Eu me viro para voltar para casa e pegar uma lanterna, mas a mão descarnada me segura pela blusa. Tento olhar o que está me detendo. Um braço totalmente deformado, com a pele soltando-se em lascas acinzentadas e alguns ossos da mão aparecendo por entre a carne apodrecida. As unhas são enormes, pontudas e escuras. A força do braço demoníaco me faz cair e bater a cabeça no beiral do poço.” (Do conto ‘O Poço’).

Reunir vários contistas numa seleção e manter a linha do tema com bons textos não é uma tarefa fácil. A organização feita por Rô Mierling manteve a qualidade dos contos  selecionados do início ao fim.

Cada conto impacta o leitor de maneira diferente, singular, com a maneira particular de cada escritor que o construiu. Pode-se até dizer que cada leitor será impactado mais por um conto ou outro, mas é certo também de que vai gostar da obra por completo.

O conto de Alexandre Braoios, intitulado “O Poço”, nos leva para a profundidade do nosso eu e chama ao fato de encarar nossos demônios, com cenas aterrorizantes. De maneira diferente, sem ser menos impactante, o conto de Clarisse Souza, chamado “Castelo de Silêncio” mexe com sutileza nos terrores e horrores de quem se isola e tem medo do mundo. Há sutileza que toca no medo profundo de enfrentar o que está lá fora.

O conto “O Armário”, de Tito Prates, traz um personagem que narra suas agruras com um móvel. É inusitado e assombroso. Cuidado com os armários antigos que você compra em antiquários. Já em “Diário das Sombras”, de Márcio Muniz, o personagem é o homem que se funde com as trevas e que precisa de mortes para sentir uma paz que não aparece.

Dizem que “sempre que alguém conta um conto, aumenta mais um ponto” como cita Robert Lima em seu conto presente na antologia. E, utilizando-se desse ditado, digo que: quem lê um conto da antologia se arrepia a cada ponto.

Discorrer sobre cada um dos contos transformaria o texto em um resumo e esse não é o objetivo. Portanto, é mister dizer que são textos bens escritos, histórias estruturadas que predem a atenção sem se desviar da temática e personagens que podem ganhar a história num livro único de cada autor.

“Meu Lado Sombrio – Contos de Terror e Horror” é uma antologia que reúne ótimos contos, sobretudo para os leitores que adoram terror. Mexe com o imaginário de quem lê e provoca calafrios. Violência, sobrenaturalidade, eventos sem explicação, tormentas internas, tudo a disposição dos leitores por meio de personagens que mostram seu lado sombrio. Leia preparado para se arrepiar.

Foto: Reprodução
Sobre a organização

Rô Mierling é gaúcha, escritora e antologista. Autora de “Contos e Crônicas do Absurdo”, “Intimo e Pessoal”, “Quando as Luzes se Apagam”, “Diário de uma Escrava” e muitos outros. Coordenadora em mais de 25 antologias, atua na divulgação e incentivo da leitura e escrita junto a diversos projetos como “Pegaí” e “Arca Literária”. Autora da DarkSide Books, está finalizando seu sexto livro. Mora em Buenos Aires, onde divulga a literatura brasileira.

Ficha Técnica
Título: Meu Lado Sombrio – Contos de Terror e Horror
Escritor: Rô Mierling (Organizadora)
Editora: Illuminare
Edição: 1ª
ISBN: 978-85-68904-28-2
Número de Páginas: 136
Ano: 2016
Assunto: Contos

11 comentários:

  1. Agradecemos, excelente resenha.
    Editora Illuminare.

    ResponderExcluir
  2. Muito boa resenha, quando comecei a escrever jamais pensei em escrever contos de terror e, ter destaque justamente com um texto deste gênero me deixa duplamente feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcio, os contos selecionados são excelentes. Parabéns pelo seu conto e muito obrigado. Grande abraço.

      Excluir
  3. Com uma resenha dessas impossível não querer ler o livro. Excelente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dyórgia, o livro é bom mesmo! Vale a pena a leitura, sobretudo para quem gosta do gênero de terror. Grande abraço.

      Excluir
  4. Adorei participar desta Antologia e que venham outras.

    ResponderExcluir
  5. Robert, parabéns pelo conto! Sucesso!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Excelente Resenha...
    Foi muito bom fazer parte desse livro.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário.