[Quotes] A Definição do Amor


O post de hoje apresenta quotes extraídos do livro "A Definição do Amor", do escritor português Jorge  Reis-Sá. O livro é uma publicação da Editora Tordesilhas e foi lançado no Brasil em 2016.

"Durmo acordado com a luz do corredor acesa, tal criança com medo dos demônios da morte. Quero ouvi-la rodar a chave na porta e, de imediato, ver os cabelos pousados nos ombros e no sorriso - como sempre. Espero a sua chegada na felicidade de aguardar a chegada do amor."

"A suspensão da morte daquela que amamos suspende a vida daquele que ama."

"Acreditar no nada é acreditar em alguma coisa..."

"... uma decisão impensada do passado pode impor decisões que nos custam o futuro."

"... todos queremos passar de ontem para amanhã sem pensar o que é agora."

"A liberdade é um valor absoluto."

"... um homem agarra-se a tudo para conseguir agarrar-se a quem ama uma vez mais."

"E o sempre, esse, é muito e demasiado tempo."

"Uma fotografia poderia lembrar, sim, mas não faz viver quem lá se encontra. Todos somos deitados ao esquecimento, com ou sem retrato."

"Dizem que primeiro se nega, depois de revolta, se negocia, se deprime e finalmente se aceita a inevitabilidade dos olhos fechados."

"A solidão traz enjoo."

"Envelheci hoje a minha vida inteira."

Confira a resenha do livro publicada no Tomo Literário:
http://tomoliterario.blogspot.com.br/2016/08/a-definicao-do-amor-jorge-reis-sa.html


Ficha Técnica
Título: A Definição do Amor
Escritor: Jorge Reis-Sá
Editora: Tordesilhas
Edição: 1ª
ISBN: 978-85-8419-038-6
Número de Páginas: 253
Ano: 2016
Assunto: Ficção portuguesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.