Novidades da L&PM Editores

Confira a sinopse de dois livros destaque publicados pela L&PM Editores.

ESCRITA: UMA BREVE INTRODUÇÃO
Andrew Robinson
Tradução de Camila Werner
 
“O ato de escrever, apesar de não ser fundamental como a comunicação oral, é um marco definidor da civilização. Sem a escrita, não pode haver acúmulo de conhecimento, registros históricos, ciência e, é claro, livros, jornais, e-mails ou internet.”

A escrita é parte integrante e essencial em nossas vidas. Mas quando, onde e como ela surgiu? Um dos mistérios mais intrigantes da humanidade, a história da escrita remonta aos primórdios da civilização e ainda hoje gera debates calorosos sobre sua origem. Partindo dos sistemas mais primitivos, como os hieróglifos e a escrita cuneiforme, Andrew Robinson responde a tais questões e traça uma linha evolutiva dessa forma de linguagem hoje indispensável ao homem. Fazendo um paralelo entre o passado e o presente, Robinson explica, também, de que forma a revolução tecnológica dos últimos anos influenciou nossa capacidade de decifrar novos códigos e qual será o futuro dos sistemas de escrita.

O AVARENTO
Molière
Tradução de Dorothée de Bruchard
 
Um clássico de Molière
Tradução e apresentação de Dorothée de Bruchard.


Harpagão é um velho odioso, pão-duro e mesquinho. Sua avareza beira o ridículo: dizem que já processou na justiça o gato do vizinho por ter comido o resto de um pernil de carneiro. E beira também a sordidez: ele não apenas se recusa a emprestar dinheiro para o próprio filho, Cleanto, sem cobrar juros abusivos, como também aceita negociar o casamento de Elisa, sua filha, com qualquer um que a aceite sem dote. Afirma- -se apaixonado por Mariana – mas, é claro, não tanto quanto pelo vil metal... Possivelmente a peça mais difundida de Molière (1622-1673), O avarento estreou em Paris em 1668, e é até hoje a obra mais encenada no mundo inteiro deste que é o pai da comédia moderna. Um clássico inconteste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.