Livros da Editora Biblioteca 24 Horas


Conheça três livros publicados pela Editora Biblioteca 24 Horas.


Mutações – Renata Emily (120 páginas)

Mutações é, acima de tudo, um intenso esforço de empreendimento de uma compreensão cotidiana. Renata Emily se utiliza de recursos diversos para promover este olhar: o humor, a ironia e o lirismo revelam liberdades de escolha, desejos de conquista, ambição desmedida, contradições do sentimento amoroso, tragédias privadas e desgraças públicas, além do universo de verdades, mentiras e segredos expostos e escondidos sob o empate entre opressores e oprimidos. O poder da escrita de Renata Emily aponta uma esperança para todo aquele que soletra o caos e a desordem nas páginas de Mutações. O sentimento está longe de desvelar um happy ending, porém acalenta a sensibilidade de qualquer um que crê em um mundo melhor. O livro que surge em suas mãos é o retrato de nossas fraquezas primitivas, de nossas ambições tacanhas e medíocres, de nossas qualidades inegáveis e inquestionáveis. Algumas passagens talvez não irão nos agradar, outras possivelmente nos surpreenderão, mas jamais podemos dizer que o reflexo que se faz em cada página não é o nosso. Por isso, dê início à leitura desta obra e siga ao encontro das mutações poéticas do cotidiano.

O Brilho do Escorpião – Marco M. W. de Castro Araújo (252 páginas)

Vaidade e cobiça, traição e intriga são os ingredientes de O Brilho do Escorpião, romance policial ambientado em um teatro na cidade do Rio de Janeiro. Durante a montagem e apresentação de uma peça teatral, estranhos e surpreendentes crimes acontecem e levam a polícia a investigar aqueles que poderiam estar envolvidos. Na medida em que se aprofundam nos trabalhos, os policiais se surpreendem, cada vez mais, com as questões cotidianas de um teatro e a montagem de um espetáculo, vendo que as paixões dos personagens se mesclam com as dos atores e é difícil distinguir o que é ficção do que é realidade. Paixões e dinheiro permeiam todos os caminhos de O Brilho do Escorpião.

A Torre – Leca Haine (398 páginas)

Eusébia, uma velha mulher arrogante e preconceituosa, vê-se sozinha e sem ninguém para conversar, a não ser o porteiro Tião, que veio do nordeste em busca de trabalho. Com o passar do tempo, surge uma espécie de codependência entre os dois, induzida pela solidão que sentem e que não têm coragem de confessar nem mesmo para si próprios. Somente encarando os erros do passado e buscando perdoar a si mesmos, ambos conseguem enxergar que a Torre, o prédio onde moram, não é mais o mesmo e que um novo destino os aguarda.

Para conhecer o catálogo completo da editora viste o site: www.biblioteca24horas.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.