Livros Lidos em Setembro de 2015


Em setembro foram lidos seis livros. Veja a lista:

“Gamação”, de Ferreira Gullar trata da história da descoberta da paixão e da sensualidade na adolescência. O livro é publicação da Global Editora e faz parte da coleção Jovens Inteligentes.

Outra leitura do mês foi “Dia de São Nunca à Tarde”, de Roberto Drummond. A história de Gabriel e Gabriela, dois gêmeos. Num colégio interno Gabriel é esperado. Ele quer ser menina e ela quer ser menino. Uma história que se passa no interior das Minas Gerais.

Li ainda “A Câmara Secreta”, de Roland Barthes. Um livro que fala sobre fotografia. Mas não é um manual ou um guia. É uma perspectiva do filósofo sobre a foto, que ganha vida com o olhar subjetivo de quem a vê. Se a fotografia não tivesse a visão subjetiva do indivíduo seria meramente um documento. O livro é filosófico, com apresentação da perspectiva do autor sobre o tema e desperta o leitor para um olhar aguçado sobre fotografia.

Do parceiro Luiz Asaf li “Contos da Mãe Verde”, que apresenta três histórias que revivem mitos do folclore brasileiro e se mesclam com personagens de lendas de outros lugares e criados pelo escritor. São histórias interessantes  que trazem lições e mensagens. Luiz é autor também do livro “Luiz Asaf e o Elo Animalium” que já foi lido e resenhado pelo blog. Ambos publicados pela Editora Baraúna.

Tratando-se de casos reais o livro da vez foi “Serial Killers Made In Brazil”, de Ilana Casoy. Histórias sobre criminosos em série do Brasil. Uma pesquisa ampla realizada pela autora que traz perfil psicológico, motivações, detalhes sobre os casos e entrevistas com assassinos em série brasileiros. O livro é parte integrante de um box lançado pela Darkside, mas também é encontrado separadamente. Para quem gosta de criminologia, psicologia ou tem curiosidade pelo tema é um ótimo livro.

E por fim a minha primeira leitura de Chico Buarque, “O Irmão Alemão”. Sim, esse foi o primeiro livro que li de Chico e era muito grande a minha expectativa. Lançado pela Companhia das Letras. Conta a história do escritor em busca de um irmão, nascido na Alemanha. O livro faz uma mescla de situações reais com situações fictícias e é um excelente romance. Leitura mais que recomendada e que superou minhas expectativas.


Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.