Livros Lidos em Agosto de 2015

O mês de agosto acabou. Então, vamos divulgar a lista de livros lidos.

“Elogio da Loucura”, de Eramos de Rotterdam. O livro tem a própria loucura como narradora, contando para os leitores o que ela faz com os seres humanos. É uma obra satírica do filósofo que é tido como um dos homens mais influentes de seu tempo. Livro clássico que vale a pena.

Dois livros de poesia foram lidos durante o mês de agosto. O primeiro foi “Limão Rosa”, de Flora Figueiredo. O outro foi “Cecília Meireles Seleção”, de Maria Fernanda, filha da poetisa que selecionou as poesias apresentadas no volume. Poesia é um gênero que aprecio e muito me identifiquei com o modo expresso por Flora. E Cecília, nem preciso falar, não é mesmo?

Na linha de humor eu li uma publicação que adquiri pelo nome, o qual achei inusitado: “Bawakawa”, de Daniel Funes. Com prefácio de Mário Prata o livro chamou atenção pelo subtítulo também: o livro dos objetos inviáveis do futuro. Garante o bom humor e é divertido, apresentando invenções que podem facilitar ou fazer rir a vida das pessoas.


O outro livro lido no mês foi o primeiro volume dos dois publicados por Ilana Casoy sobre serial killers. “Serial Killers Louco ou Cruel” é um daqueles livros para entender a mente e avaliarmos casos de psicopatas. Tal volume apresenta casos internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.